Nintendo Switch

Novos detalhes e rumores sobre o Nintendo Switch.

Super Mario Run

Gratuito para iPhone e iPad, "Super Mario Run" sai no dia 15 de dezembro.

Super Pitfall para Nes é desenvolvido por fã brazuca

Remaster de Super Pitfall para Nes é desenvolvido por fã brazuca

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

Nintendo vai distribuir jogos de NES e SNES gratuitamente no serviço online do Switch

Marcadores: , 0 comentários

O serviço online do Nintendo Switch vai distribuir gratuitamente jogos de NES (Nintendinho) Super Nintendo, a semelhança do que ocorre com a PlayStation Plus e o Xbox Live Ouro.
Os jogos gratuitos serão de NES ou SNES. Os do Super Nintendo contarão com um novo modo online. Entretanto, a Big N confiirmou que esses títulos só poderão ser jogados no mês em que forem disponibilizados gratuitamente. Para continuar jogando, os usuários precisarão comprar os jogos.
O novo serviço online da Nintendo promete um "multiplayer robusto" e integração a aplicativos de smartphones para funções como chat por voz. O serviço será pago, mas haverá a opção de testá-lo gratuitamente antes de decidir assinar.
Híbrido de console e portátil, o Nintendo Switch tem lançamento mundial marcado para março de 2017, mas não há previsão de chegada ao Brasil - vale lembrar, a Big N deixou de distribuir jogos no país em janeiro de 2015. Entre os principais títulos da plataforma está The Legend of Zelda: Breath of the Wild.
Fonte: omelete

Porem os Games grátis do serviço online do Nintendo Switch só irão durar um mês.

- > Quem se inscrever no serviço online pago do Nintendo Switch não poderão manter por muito tempo os games clássicos grátis que a empresa prometeu disponibilizar.
De acordo com Chris Kohler, da revista Wired, um representante da Nintendo of America explicou que os clássicos gratuitos para NES e SNES tdispiníveis mensalmente só poderão ser jogados gratuitamente por um mês. Isso significa, de acordo com Kohler, que você precisará comprá-los para mantê-los após o período grátis acabar.

Fonte: ign

 

 

Switch ultrapassa o Wii e se torna o console mais vendido da Nintendo no lançamento

Marcadores: , 0 comentários


De acordo com uma entrevista do New York Times com o presidente da Nintendo América (Reggie Fils-Aime), Switch se tornou o console mais vendido da Nintendo no lançamento. O híbrido ultrapassou os números do Nintendo Wii (2006) e isso é bastante significativo, já que o Switch foi lançado em março, enquanto os outros consoles chegaram as lojas em novembro para garantir as vendas de natal.
Além disso, The Legend of Zelda: Breath of the Wild ultrapassou Super Mario 64e se tornou o título de lançamento mais vendido da história da companhia japonesa.


“2. As vendas do Switch excederam as vendas de qualquer sistema da Nintendo nas Americas. Foi um lançamento maior que o do Wii.
4. Zelda pro Switch foi o jogo de lançamento mais vendido da história (isso não conta jogos já inclusos como Wii Sports)”

Segundo a Nintendo, o Switch é principalmente um console de mesa, mas será possível alterar para o modo portátil com facilidade para ser utilizado onde o jogador quiser, graças ao seu design modular que permite encaixar os controles em uma tela

Fonte: Jovem Nerd

MUITO ANTES DO STEAM, LIVE E PSN: CONHEÇA O REVOLUCIONÁRIO SEGA CHANNEL

Marcadores: 0 comentários

Muito se fala hoje em dia na evolução da distribuição digital por conta de serviços como Steam, Live e PSN, só que poucos se lembram, ou talvez saibam que a SEGA havia lançado um serviço que foi revolucionário para a sua época e, até hoje, é referência no ramo de distribuição digital. Vamos falar sobre o Sega Channel?
O futuro é agora
O SEGA Channel foi um projeto desenvolvido pela SEGA para o seu console de 16 bits, o Mega Drive. Ele era capaz de transmitir dados digitais para os donos do console através da TV a cabo.
A principal ideia do Sega Channel, que começou a ser testado em 1994 nos EUA, era a distribuição de jogos de forma completamente digital, possibilitando aos usuários jogarem títulos completos e, até mesmo, receber demos de títulos que só seriam lançados dali a alguns meses e isto de forma completamente ilimitada mediante a uma mensalidade.
Isto, de certa forma, pode ser comparado aos serviços Plus e Gold, respectivamente da PSN e da Live, onde, por um valor fixo anual, o usuário tem em seu catálogo jogos que ficam na sua coleção, indisponíveis no momento que um novo pagamento não é efetuado. Mas, aqui, havia um diferencial, na SEGA Channel o usuário tinha acesso ilimitado a uma grande biblioteca de jogos.
E como funcionava?
A forma de como o seu Mega Drive se transformava numa verdadeira estação online de jogos era bem simples. Além do console em si, eram necessários um contrato com uma provedora de TV à cabo e um cartucho especial que era acoplado no console.
Havia pacotes diferenciados para isso, algumas provedoras alugavam o cartucho em modo de comodato ou o usuário poderia fazer a compra mediante pedido telefônico de empresas como a TCI e a Time Warner (empresas de telecomunicações americanas).
Assim que era adquirido o cartucho, o assinante então ligava para a provedora de TV à cabo de sua região e se a mesma tivesse o serviço, era só requerer a compra do SEGA Channel.
Ao ligar o sistema com o SEGA Channel, a primeira coisa que o usuário iria ver em sua TV é demonstrado no vídeo abaixo:

Pelo vídeo dá pra perceber que existem vários menus para se escolher no serviço e os mais diversos jogos e demos para serem jogados à vontade.
A forma de transmissão segue com a imagem abaixo:

Que, explicando de uma forma bem resumida, seria assim:
O serviço tinha vários canais que eram transmitidos continuamente, um para mostrar o menu do sistema, outro para o conteúdo e um terceiro para cada título que o mesmo oferecia.
Então digamos que você tenha o seu serviço ligado e queira jogar Sonic 3. Se a transmissão de conteúdo de títulos estivesse em Altered Beast, era necessário esperar a sincronia entre o pedido requisitado: Sonic 3 e o requerimento da vez: Altered Beast. Assim que o sinal fosse tal qual o pedido, o jogo seria baixado diretamente para a memória do sistema. Nada era salvo, se o usuário desligasse o console, perderia todos os dados e teria de baixar o jogo novamente.
Conteúdo
No serviço, além dos títulos que poderiam ser jogados a qualquer momento, havia alguns extras como o Test Drives, que ofereciam uma jogatina limitada de títulos que estavam por sair ou que já foram lançados.
A jogatina era limitada por um timer que variava de acordo com o gênero. Jogos de ação tinham 20 minutos de jogatina enquanto que jogos de RPG ofereciam até 30 minutos.
Não havia limitação de quantas vezes você poderia usar o Test Drive, mas, sempre após o limite de tempo imposto, o acessório ressetava e você teria de começar tudo de novo.
A outra opção de conteúdo era o aluguel de jogos novos através do Express Games. Através do valor de US$ 2.95, jogos a serem lançados ou que saíram a pouco no mercado poderiam ser alugados por 48 horas e, assim, o gamer poderia usufruir por um tempo maior sem ter um limitador que ressetava o acessório.
Onde o SEGA Channel funcionou?
Nos seguintes países:
– Estados Unidos
– Japão
– Taiwan
– Canadá
– Hong Kong
– Tailândia
– Coreia do Sul
– Reino Unido
– Holanda
– Alemanha
– Noruega
– Austrália
– França
– Nova Zelândia
– Malta
– Argentina
– Chile

E quais jogos haviam no sistema?
Como o serviço funcionou num momento de pré-internet, o mesmo não foi completamente documentado. A lista que se segue foi retirada do site Sega Retro para a versão americana do mesmo:
  • 688 Attack Sub
  • Aaahh!!! Real Monsters
  • Abrams Battle Tank
  • The Adventures of Batman and Robin
  • Aerobiz Supersonic
  • Disney’s Aladdin
  • Alex Kidd in the Enchanted Castle
  • Alien Soldier
  • Alien Storm
  • Altered Beast
  • Arcus Odyssey
  • Ariel the Little Mermaid
  • Arrow Flash
  • Art Alive!
  • Asterix and the Great Rescue
  • ATP Tour Championship Tennis
  • Awesome Possum Kicks Dr. Machino’s Butt!
  • Ballz
  • Barkley: Shut Up and Jam!
  • Bass Masters Classic: Pro Edition
  • Batman Returns
  • BattleTech: A Game of Armored Combat
  • Berenstain Bears: Camping Adventure
  • Best of the Best: Championship Karate
  • Beyond Oasis
  • Blades of Vengeance
  • B.O.B.
  • Body Count
  • Bonanza Bros
  • Bonkers
  • Boxing Legends of the Ring
  • Brutal: Paws of Fury
  • Bubba ‘n’ Stix
  • Bubsy
  • Bubsy II
  • Bugs Bunny in Double Trouble
  • Castlevania Bloodlines
  • California Games
  • Castle of Illusion Starring Mickey Mouse
  • Chakan
  • Championship Pool
  • Chase H.Q.
  • Chessmaster
  • ClayFighter
  • Clue (Cluedo)
  • College Football’s National Championship
  • College Football’s National Championship II
  • Columns
  • Combat Cars
  • Comix Zone
  • Contra: Hard Corps
  • Crystal’s Pony Tale
  • Cyborg Justice
  • David Crane’s Amazing Tennis
  • Decap Attack
  • Desert Demolition Starring Road Runner and Wile E.
  • Coyote
  • Desert Strike
  • Dick Tracy
  • Dino Land
  • Dinosaurs for Hire
  • Doom Troopers
  • Double Dribble: The Playoff Edition
  • Dr. Robotnik’s Mean Bean Machine
  • Dungeons & Dragons: Warriors of the Eternal Sun
  • Dyna Brothers 2
  • Dynamite Headdy
  • Earthworm Jim
  • Earthworm Jim 2
  • Ecco the Dolphin
  • Ecco: The Tides of Time
  • Ecco Jr
  • El Viento
  • ESWAT: City Under Siege
  • Eternal Champions
  • Exile
  • Ex-Mutants
  • Exo Squad (Test Drive only?)
  • F-15 Strike Eagle II
  • Fatal Labyrinth
  • FIFA Soccer ’95
  • Flashback: The Quest for Identity
  • Flicky
  • The Flintstones
  • Forgotten Worlds
  • Galaxy Force II
  • Garfield: Caught in the Act
  • Garfield: The Lost Levels
  • Gargoyles
  • General Chaos
  • Generations Lost
  • Ghouls ‘n Ghosts
  • G-Loc: Air Battle
  • Golden Axe
  • Golden Axe II
  • Golden Axe III
  • Greendog
  • Growl
  • Gotron
  • Gunstar Heroes
  • Head-On Soccer
  • Heavy Nova
  • Humans
  • IMG International Tour Tennis
  • The Immortal
  • The Incredible Hulk
  • International Rugby
  • James “Buster” Douglas Knockout Boxing
  • Jeopardy! Deluxe Edition
  • Jeopardy! Sports Edition
  • Jewel Master
  • Jungle Strike
  • Jurassic Park
  • Kawasaki Superbike Challenge
  • Kid Chameleon
  • Klax
  • Klondike
  • Landstalker: The Treasures of King Nole
  • Last Battle
  • Lethal Enforcers
  • Light Crusader
  • Mario Lemieux Hockey
  • Maui Mallard in Cold Shadow
  • Mega Bomberman
  • Mega Man The Wily Wars
  • Monopoly
  • Mortal Kombat
  • Mortal Kombat 3
  • Mr. Nutz
  • MTV’s Beavis and Butt-head
  • Mutant League Football
  • Mutant League Hockey
  • NCAA Final Four Basketball
  • NCAA Football
  • NHL All-Star Hockey ’95
  • Nightmare Circus
  • Normy’s Beach Babe-o-Rama
  • Olympic Summer Games
  • The Ooze (Test Drive only?)
  • OutRun
  • OutRun 2019
  • OutRunners
  • Paperboy 2
  • Pele!
  • Pele II: World Tournament Soccer
  • PGA European Tour
  • PGA Tour Golf
  • PGA Tour Golf II
  • PGA Tour Golf III
  • Phantasy Star II
  • Phantasy Star III
  • Phantasy Star IV
  • Pinocchio
  • Pitfall: The Mayan Adventure
  • Power Drive
  • Primal Rage
  • Pulseman
  • The Punisher
  • Quackshot
  • Race Drivin’
  • Ranger-X
  • Rastan Saga II
  • Red Zone
  • The Revenge of Shinobi
  • Richard Scarry’s Busytown
  • Rings of Power
  • Ristar
  • Road Rash II
  • Road Rash 3
  • Rolo to the Rescue
  • Romance of the Three Kingdoms III
  • Rugby World Cup ’95
  • Saint Sword
  • SeaQuest DSV
  • Sesame Street Counting Cafe
  • Shadow Dancer: The Secret of Shinobi
  • Shadowrun
  • Shining Force
  • Shining Force II
  • Shining in the Darkness
  • Shinobi III: Return of the Ninja Master
  • Skitchin’
  • Sonic & Knuckles
  • Sonic 3D Blast
  • Sonic Spinball
  • Sonic the Hedgehog
  • Sonic the Hedgehog 3
  • Space Harrier II
  • Sparkster
  • Star Trek: Deep Space Nine (Test Drive only?)
  • Street Fighter II’: Special Champion Edition
  • Streets of Rage 2
  • Strider Returns
  • Sunset Riders
  • Super League
  • Super Monaco GP
  • Sword of Vermilion
  • Super Street Fighter II
  • TaleSpin
  • TechnoClash
  • Theme Park
  • Tiny Toon Adventures: Buster’s Hidden Treasure
  • Tiny Toon Adventures: ACME All-Stars
  • ToeJam & Earl: Panic on Funkotron
  • Traysia
  • Ultimate Qix
  • Unnecessary Roughness ’95
  • Urban Strike
  • Valis: The Fantasm Soldier
  • Vectorman
  • Vectorman 2
  • Virtua Fighter 2
  • VR Troopers
  • Wacky Worlds
  • Warrior of Rome II
  • Wimbledon Championship Tennis
  • World Championship Soccer
  • World Championship Soccer II
  • World of Illusion Starring Mickey Mouse and Donald Duck
  • World Series Baseball ’96 L.E.
  • X-Men
  • X-Men 2: Clone Wars
  • Zombies Ate My Neighbors
E no Brasil?
Não tivemos um serviço tão profundo quanto o Sega Channel, mas a Tectoy lançou dois serviços online, o primeiro foi o Mega Net, que possibilitava o usuário mandar e receber e-mails e ler revistas eletrônicas e o segundo serviço foi o TeleBradesco Residência que permitia o usuário a acessar a sua conta do Bradesco através da linha telefônica.

Fonte:blogtectoy

Novo Mega Drive poderá ser personalizado gratuitamente

Marcadores: 0 comentários

No final de outubro, a Tectoy surpreendeu o cenário gamer ao anunciar o relançamento do Mega Drive para 2017. Agora, e ainda como parte das comemorações de seu 30º aniversário, a Tectoy anuncia mais uma novidade: A promoção “Meu Mega Drive Personalizado”.

A personalização do Mega Drive – confira o exemplo da imagem – permite gratuitamente que, quem comprar ou já comprou o vídeo game, possa colocar um nome ou frase personalizada que acompanhará uma dedicatória “FEITO PARA: NOME OU FRASE”.

A oportunidade exclusiva é para compras realizadas até 15/01. Quem já comprou, pode solicitar a personalização também. Valem nomes ou frases de até 15 caracteres.
É a oportunidade de se ter um vídeo game em edição única. Uma edição que você determinará limitada.
O console pode ser adquirido por R$ 399 durante a pré-venda no site oficial da Tectoy. Depois do lançamento, que está marcado para junho de 2017, o preço será de R$ 449.
Saiba mais detalhes em meumegadrive.tectoy.com.br

A História de Crono - Personagens Esquecidos

Marcadores: , 0 comentários

Quando nasce um jogo épico é inevitável que não tenha ao menos um personagem que não marque naquele querido game não é mesmo?
Bom, ao menos para nós fãs de games isso se torna mais do que absoluto, já que muitas produtoras de Jogos acertam em cheio produzindo aquele Jogo, com enredo e personagens maravilhosos e depois fazem a burrada de deixar o jogo e seus personagens caírem no esquecimento, mas, para mostrar que somos realmente fãs daquelas determinadas franquias e não deixamos ela morrer, hoje falaremos aqui no Blog SnesTalgia sobre "personagens esquecidos dos jogos" e claro que vou falar do protagonista do meu jogo favorito, Crono, do jogo Chrono Trigger do Super Nintendo.
Resultado de imagem para chrono
Crono

Resultado de imagem para gif chrono e marle na feira do milenio
Lucca
Crono é um jovem adolescente que vive na cidade de Truce, na companhia da sua mãe "Gina" e seu gato de estimação. Truce pode ser consideração a capital de Guardia que é um reino onde muitas pessoas vivem em paz. vendo mais de perto você percebe que Crono é meio familiar, parecido com um personagem que você já viu antes em algum lugar. Isso mesmo, ele lembra muito o Goku de Dragon Ball, tal semelhança se da ao fato de Crono ter sido desenhado pelo mesmo artista de Dragon Ball (Akira Toriyama)

Resultado de imagem para marle chrono
Marle
Crono nasceu no ano de 983 A.D e foi no ano de 1000 A.D que sua vida mudou por completo devido a vários acontecimentos que aconteceram naquela época, em 1000 A.D que podemos chamar do tempo presente, Crono conheceu Marle em um festival da sua pequena cidade (e poe pequena nisso), o festival é chamado de A feira do milênio.
Corno foi para essa tal feira para ver a nova invenção de sua amiga, Lucca que é uma irmã gêmea de Bulma.

Crono conheceu Marle por acaso quando Marle estava andando feito louca pela feira e acidentalmente trombou com Crono, a pancada foi tão forte que o colar de Marle voou longe de onde eles eles trombaram, Crono foi gentil em procurar e devolver o colar que havia caído no chão, (foi nesse momento que senti um clima entre ou dois). Como Marle estava sozinha ela pediu gentilmente que Chrono a acompanhasse na feira para que os dois se divertissem juntos e Crono aceita, (mais um escravo de pepeka detected!).
Crono e Marle Trombando na feira do milênio. 
Chave do portal ou Portal Key
Crono e Marle foram até o local onde estava Lucca, para ver a invenção (bugiganga) que ela tinha criado e para a surpresa de todos a maquina de teletransporte que Lucca havia inventado funcionava perfeitamente, mas quando Marle entra na maquina para testar o colar que ela usava deu uma interferência na maquina que acabou dando uns tilts bem loucos e abriu um portal que levou Marle para o passado.

Como Crono é o herói da historia ela vai até atrás dela ( ͡° ͜ʖ ͡°) para ajudar e é ai que a aventura começa. Agora Crono esta em 600 A.D que podemos chamar de idade média (segundo o próprio jogo mostra) e lá ele descobre que Marle na verdade é uma princesa e que seu nome verdadeiro é Nádia e depois de passarem por muitos perigos e batalhas, eles são encontrados por Lucca que havia desenvolvido um novo aparelho que permitia que eles viajassem no tempo (a chave do portal).

Resultado de imagem para chrono julgamento
Julgamento de Crono.
quando eles voltam ao presente, Crono é acusado de sequestrar a princesa e outros crimes (crimes esses que nunca existiram) e foi condenado a guilhotina  injustamente. Ele não teve outra saída a não ser fugir e Lucca novamente o ajudou com o apoio de Marle, na fuga eles acabaram indo para o futuro e lá descobrem que a terra tinha sido destruída por uma espécie “parasita especial” que se chamava Lavos, eles tiveram acesso as imagens do fim do mundo que aconteceria em 1999 A.D. eles se dedicam a essa missão de salvar o mundo e juntos decidem impedir que isso aconteça, porém a tarefa não irá ser das mais fáceis.
                             
"Aviso a imagem a seguir contem cenas fortes e pode chocar"

Lavos destruindo tudo no ano de 1999 A.D (O dia de Lavos)

Transição das viagens no tempo.
Crono e seus amigos viajam no tempo tanto para o passado quanto para o futuro tentando de todas as formas impedir que Lavos destruísse o planeta e nessa jornada Crono faz novos amigos e se torna o líder da equipe afinal ele era o mais forte do grupo.

O bicho é rápido"mermo"
Como Crono é o personagem principal de um jogo de RPG, ele não diz uma palavra durante toda a história, (somente algumas escolhas feitas pelo jogador que indicam sua fala), mas Crono não é mudo, ele somente segue a característica da maioria dos heróis de jogos de RPG. Crono é um típico herói "bad-ass" dos jogos, não se sabe como ele aprendeu usar a espada com perfeição, existem teorias que ele aprendeu com o seu pai que não é citado no jogo e que muitos acreditam estar morto. Crono é muito bondoso e esta sempre determinado em ajudar seus companheiros podendo até dar sua própria vida para salvar alguém que esteja em perigo.


Crono usando sua magia.
No decorrer da jornada Crono aprende usar magia e o seu poder elementar é o “Light” ou poder do raio/trovão, se preferir (essa paradas do céu com descarga elétrica), com isso ele pode soltar essas descargas elétricas para acabar com os seus inimigos e isso faz dele muito útil já que ele consegue acertar muitos inimigos com um único golpe e quando acerta um único inimigo tira muito dano dele. Além disso Crono tem uma boa defesa e é muito veloz e para fechar o pacote “herói perfeito”, Crono consegue reviver os amigos mortos em batalha fazendo dele um personagem essencial para equipe (e muito "apelão" também).

Como Eu escrevi antes, Crono é forte e pode usar sua força para ajudar os seus amigos mesmo que isso lhe custe à vida, e realmente custou, em um determinado momento do jogo, algo que me fez Suar pelos olhos, (não só eu e sim muitos que já jogaram e viram essa parte), foi a cena onde Crono se sacrifica para salvar o seus amigos, (e não foi ceninha de novela não heim), ele realmente se sacrificou para salvar seus amigos e... morreu.

Uma curiosidade aqui é que um dos criadores da história do jogo o Massato Kato queria mesmo matar Crono e retirar ele do jogo, porém o Yuji Horii que era supervisor do roteiro disse com sabedoria que tirar o personagem principal do game no meio do jogo poderia ser traumático para aqueles que aprenderam a amar o personagem no decorrer da história, então temos a opção de voltar no tempo e salvar Crono no momento que ele iria morrer e troca-lo por algo inusitado.

O destino final de Crono é inserto e tudo depende de como você finaliza o game que tem diversos finais, e em um desses finais ocorre que a mãe de Crono procurando o seu gato e cai dentro de um portal do tempo que está na praça e ele vai atrás para resgata-la (e isso não só para mim mas para todos que conseguiram ver esse final, poderia render um outro jogo, porém ficaremos na vontade até que a queria Square resolva criar um novo roteiro né?),
Bem que poderiam lançar um outro jogo.

Isso porque nunca saiu algum outro "Chrono Trigger". Nas versões de Playstation e de Nintendo Ds em um dos finais adicionados do jogo, mostra que Crono e Marle se casaram e provavelmente tiveram algum filho já que existem descendentes de Marle e Crono em Chrono Cross (jogo lançado para a plataforma playstation 1).

Mas o mais provável é que Crono tenha morrido em uma batalha no reino de Guardia, onde o rei havia sido morto e Crono provavelmente teria assumido o posto, mas na tentativa de defender Guardia Crono "supostamente" morre, outro fato que pode reforçar essa teoria é que em Chrono Cross, Crono aparece no jogo como um fantasma, mas para despertar um pouco mais de esperança essa cena onde Crono aparece como fantasma em Crono Cross pode ser uma "homenagem" que a Square pode ter feito ao jogo lançado para Super Nintendo, (esperança ressuscitada com sucesso, hehe).

Porém existe uma outra teoria onde podemos crer que Crono esteja vivo, pois em uma carta que Luca enviou em Chrono Cross diz mais ou menos assim:
"Eu tive um medo constante no meu
coração que alguém em nosso novo
futuro possa viajar de volta no tempo,
Assim como fizemos, e tentar matar
ou capturar os meus amigos e eu."
Então podemos supor que Luca se refere a Crono e Marle quando ela diz sobre seus amigos, então é por isso que podemos acreditar que Crono ainda esta vivo (ou não), e digo novamente, se ele está vivo bem que a Square poderia criar um outro jogo que mostre Crono voltando com tudo e salvando o dia, pois só e apenas com um novo jogo poderíamos tirar nossas próprias conclusões ao invés de ficarmos criando tantas suposições. 

Infelizmente nosso herói não teve um final tão feliz assim, não digo isso porque provavelmente ele esteja morto e sim porque a nossa querida Square deixou um personagem tão marcante cair no esquecimento, apesar de Crono ser o protagonista de apenas um jogo, ele mostrou o seu potencial de forma brilhante se tornando um dos personagens mais amados da Nintendo e que marcaram uma geração e provavelmente marcam até hoje.


Fonte: snestalgia

Desenvolvedores de "KoF 98" criam novo jogo de luta para Super Nintendo

Marcadores: 0 comentários


Um grupo de ex-funcionários da SNK que trabalharam em games como "The King of Fighters '98" e "Kizuna Encounter" estão criando um novo jogo de luta para Super Nintendo.
Batizado de "Unholy Knight", o título debutou publicamente durante a Hong Kong Retro Game Expo '16, realizada no último fim de semana.
A versão de demonstração do game tem seis personagens jogáveis e gráficos bidimensionais no estilo daqueles criados para o gênero na segunda metade dos anos 1990.
Os desenvolvedores planejam lançar o game, que virá em cartuchos de 32 MB, em fevereiro de 2017 através de seu site oficial.



"Unholy Knight" é um 'novo jogo retrô', em desenvolvimento para o velho SNES

Fonte: menlogic

Capcom vai começar a reviver suas franquias esquecidas

Marcadores: 0 comentários

Com o bem recebido anúncio de Marvel vs. Capcom: Infinite, a Capcom revelou que vai começar agora um processo de "reviver séries que não receberam novos títulos ultimamente".
Em comunicado à imprensa, a publisher diz que, após anunciar o primeiro jogo de MvC em cinco anos -- vai começar a "melhorar seu valor corporativo ainda mais ao utilizar sua biblioteca rica em conteúdo".
Nenhuma menção a quais jogos podem retornar foi feita. Franquias adormecidas da Capcom incluem Mega Man, Onimusha, Power Stone, Viewtiful Joe e Dino Crisis.
A empresa também deixou claro que estes renascimentos serão feitos concomitantemente com seus "grandes lançamentos regulares de cada ano fiscal", que incluem Resident Evil, Monster Hunter e Dead Rising.
Marvel Vs. Capcom Infinite tem previsão de lançamento para 2017 para PS4, Xbox One e PC.
Fonte: ign.com

 
Retro Emulator © 2016 | Designed by Retrô